Dólar
Euro
Dólar
Euro
Dólar
Euro

MISTÉRIO

A pedra com inscrições misteriosas que até hoje intrigam cientistas

Globo Repórter mostrou jornada pela Paraíba, que guarda um dos maiores mistérios da humanidade. As inscrições na Pedra do Ingá foram descobertas pelos colonizadores no início do século 18

Imagem de destaque da notícia
Globo Repórter mostrou jornada pela Paraíba, que guarda um dos maiores mistérios da humanidade. As inscrições na Pedra do Ingá foram descobertas pelos colonizadores no início do século 18.

O Globo Repórter desta sexta-feira (7) percorreu uma jornada pelo estado da Paraíba, que guarda um dos maiores mistérios da humanidade.

As inscrições na Pedra do Ingá foram descobertas pelos colonizadores no início do século 18. São tintas de sulcos em baixo relevo que reproduzem imagens que parecem seres humanos, plantas e animais

O guia de turismo Antônio Marcos dos Santos explica que os povos originários dominavam as técnicas de inscrição na rocha e, segundo estudos recentes, teriam realizado essas obras na Pedra do Ingá há seis mil anos. "Provavelmente, eles usavam uma rocha mais dura. No caso, na nossa região nós temos o seixo, que é o quartzo", ressaltou.

Ele também falou sobre a possível interpretação dos círculos encontrados na pedra:

"Esses pontos maiores dependendo da quantidade de luz e da posição do sol em relação à pedra, vai fazendo as fases da lua que nós estamos. Então se tiver com sombra, lua cheia, sem sombra, lua nova, só a metade de sombra, lua minguante e crescente, e assim por diante".

Os visitantes podem ver ainda estrelas, espirais e o que mais a imaginação permitir. Existem muitas lendas, teorias, pesquisas, mas até hoje nada conclusivo. Mistérios que aguçam a curiosidade e atraíram a professora carioca Celina Rosa até lá.

"Eu estou muito emocionada. É ver o passado gravado na nossa Terra, no Brasil e de uma maneira tão diferente", disse Celina.

Fonte: PORTAL SERTÃO COM G1

Comentários

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se grátis