Sexta, 20 de Maio de 2022
29°

Pancada de chuva

Cajazeiras - PB

Brasil AGENDA

Em visita à Paraíba, Bolsonaro entrega obra, critica João Azevêdo e diz que aumento de preços no Brasil é culpa da guerra

Bolsonaro criticou a gestão do governador João Azevêdo.

06/05/2022 às 06h26
Por: Redação Fonte: Jornal da Paraíba
Compartilhe:
Em visita à Paraíba, Bolsonaro entrega obra, critica João Azevêdo e diz que aumento de preços no Brasil é culpa da guerra

O presidente Jair Bolsonaro visitou a Paraíba, nesta quinta-feira (5), para cumprir compromissos de agenda: participar da solenidade de entrega de parte da obra Vertente Litorânea, em Itatuba, e da inauguração da Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Severino Elias de Paiva Araújo, em Gurinhém.

Ainda na passagem pelo estado, Bolsonaro criticou a gestão do governador João Azevêdo durante a pandemia e disse que os aumentos de preços em alimentos e produtos no Brasil são causados pela guerra na Ucrânia, sendo um problema é mundial.

As obras que foram entregues no fim da manhã desta quinta foram executadas em parceria com o governo da Paraíba e receberão as águas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco.

Orçada em R$ 1,418 bilhão, a obra da Vertente Litorânea tem 130,63 quilômetros de extensão e deve beneficiar 680 mil pessoas em 39 cidades paraibanas, especialmente do Agreste.

Os recursos são provenientes do governo federal (R$ 1,27 bilhão) e de contrapartida estadual.

Já o Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco tem 217 quilômetros de extensão, está em funcionamento desde 2017 e abastece 1,4 milhão de pessoas em 46 cidades de Pernambuco e da Paraíba.

“Entendemos que, pra vocês, isso realmente traz aquilo traz aquilo que se assemelha a uma liberdade. Ninguém precisa ficar dependendo de quem quer que seja para ter água na sua casa”, declarou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários