Sábado, 22 de Janeiro de 2022
30°

Poucas nuvens

Cajazeiras - PB

Polícia PRISÃO

Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar mulher em Cajazeiras na noite de sábado

Segundo o delegado Ilamilto Simplício, ao chegar no HRC foi constatado que as lesões eram superficiais e o acusado foi liberado pelos médicos e preso pela PM.

10/01/2022 às 16h40
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: reprodução
Foto: reprodução

A Justiça decretou a prisão preventiva de Sebastião Aprígio de Sousa Neto, suspeito de matar sua companheira Geyzer Pinto de Sousa com golpes de faca dentro da residência do casal na Rua Higino Tavares, no centro de Cajazeiras-PB.

Geyzer, de 26 anos, foi esfaqueada no pescoço e em outras partes do corpo, depois de uma discussão com o companheiro Aprígio, de 26 anos, na noite de sábado (08). Após matar a mulher, de acordo com a Polícia Civil, o suspeito usou a mesma faca contra si, foi preso em flagrante, mas em seguida foi levado para atendimento médico por conta dos ferimentos.

Segundo o delegado Ilamilto Simplício, ao chegar no HRC foi constatado que as lesões eram superficiais e o acusado foi liberado pelos médicos e preso pela PM.

Na manhã deste domingo o investigado foi levado ao Presídio onde passou por uma audiência de custódia e teve a prisão preventiva decretada pela justiça.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários