Sábado, 04 de Dezembro de 2021
37°

Pancada de chuva

Cajazeiras - PB

Educação Mato Grosso do Sul

SED renova parceria com plataforma que oferece cursos gratuitos para professores

A Secretaria de Estado de Educação (SED) renovou parceria com a Vivescer, plataforma de desenvolvimento integral de professores. Os educadores da R...

18/10/2021 às 07h05
Por: Redação de Plantão Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Secretaria de Estado de Educação (SED) renovou parceria com a Vivescer, plataforma de desenvolvimento integral de professores. Os educadores da Rede Estadual de Ensino (REE) terão acesso gratuito a quatro cursos certificados, uma rede social exclusiva e um banco com práticas pedagógicas para todos os segmentos.

“Nossa plataforma foi criada por professores para professores”, explica Mariana Breim, diretora da Vivescer. “Os cursos e conteúdos trazem soluções práticas para problemas reais do dia a dia dos docentes”, acrescenta.

As temáticas incluem atividades sobre o corpo, a mente, as emoções e o propósito dos professores. “Queremos cuidar de quem cuida dos nossos alunos”, completa Mariana.

De acordo com a coordenadora de Formação da SED, Alessandra Beker, a parceria chega em um momento importante, com a reabertura das escolas. “Precisamos olhar com cuidado para a saúde mental dos nossos estudantes, mas também dos professores. Os materiais da Vivescer vão desde orientações para o ensino híbrido e aulas invertidas até estratégias para acolher os estudantes. Isso permite que educadores de diferentes contextos encontrem temáticas úteis e relevantes”, avalia.

Para fazer parte da Vivescer, basta acessar o sitewww.vivescer.org.br.

Serviço:

  • Cursos online da Vivescer para professores
  • Custo: gratuito
  • Carga horária: quatro cursos certificados de 32h cada
  • Inscrições: www.vivescer.org.br.

Assessoria de Comunicação SED

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários