Sábado, 04 de Dezembro de 2021
36°

Pancada de chuva

Cajazeiras - PB

Esportes UFC

VÍDEO: Bruno Blindado resiste a três golpes ilegais e nocauteia no terceiro round

Após perder os dois primeiros rounds, brasileiro se aproveita do cansaço de Andrew Sanchez para nocautear e vencer a segunda no Ultimate

17/10/2021 às 09h34 Atualizada em 17/10/2021 às 09h47
Por: Redação de Plantão Fonte: PORTAL SERTÃO
Compartilhe:

Bruno Blindado sofreu, teve alguns buracos em seu jogo expostos, mas mostrou coração para vencer Andrew Sanchez por nocaute aos 2m35 do terceiro round na última luta do card preliminar do UFC Ladd x Dumont, neste sábado, em Las Vegas (EUA), pelo peso-médio (até 84kg). O brasileiro teve trabalho com o jogo de quedas do rival, mas, principalmente, com os golpes baixos que recebeu. Ele foi atingido de forma ilegal em três oportunidades e apenas na última o americano foi punido com a perda de um ponto. Após nocautear, o atleta da Evolução Thai recebeu a faixa-preta de jiu-jítsu no octógono.

Blindado não demorou a colocar suas mãos no americano. Com uma combinação de golpes no corpo, deixou o rival acuado. Sanchez percebeu que em pé a luta se complicaria para ele, buscou a queda e conseguiu colocar o brasileiro com as costas no solo. Bruno ficou de pé após dois minutos resistindo no chão e, no minuto final, recebeu dois golpes baixos, mas o árbitro não tirou ponto de Sanchez. No segundo round, o americano não deu espaço e controlou por todo o tempo na luta agarrada.

Em desvantagem na luta, Blindado voltou agressivo para o terceiro assalto e conectou bons socos. Quando pressionava o americano, recebeu o terceiro golpe ilegal do adversário, que foi punido com a perda de um ponto. O brasileiro parecia mais inteiro fisicamente e acelerou o ritmo com combinações longas. Bruno variava socos na cabeça, no corpo e joelhadas, e Sanchez foi sucumbindo até que o árbitro central interrompeu.

Luana Dread vence luta equilibrada

Passou longe de ser fácil, mas Luana Dread venceu a segunda seguida no UFC e a terceira em quatro lutas pela organização. A brasileira encarou Lupita Godinez e teve trabalho contra a mexicana, mas conseguiu uma decisão unânime (triplo 29-28) a seu favor, em confronto disputado no peso-mosca (até 57kg).

Lupita começou forte o combate e conseguiu uma queda no primeiro round. No solo, chegou muito perto de finalizar, mas Luana resistiu bem e o cronômetro zerou antes que a mexicana conseguisse concretizar a chave de braço. Godinez tentou manter a estratégia nos rounds seguintes, mas Dread se defendeu bem, conectou boas joelhadas e virou a luta.

 

Ariane Sorriso finaliza Istela Nunes

Ariane Sorriso teve atuação sólida para emplacar sua segunda vitória seguida no Ultimate. Contra a compatriota Istela Nunes, ela finalizou com um estrangulamento pelas costas aos 2m57s do terceiro round para garantir seu 14º resultado positivo na carreira em 16 confrontos. Istela fez sua estreia na organização e agora tem sete triunfos e dois reveses no cartel.

Sorriso conseguiu se impor desde o início com seu jogo de muita pressão, dando pouco espaço para que Istela conseguisse se soltar. Após dois rounds de superioridade, Ariane aproveitou uma queda no terceiro assalto para ir para as costas e encaixar a finalização.

UFC Ladd x Dumont

16 de outubro de 2021, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL:

Norma Dumont venceu Aspen Ladd por decisão unânime (49-46, 49-46 e 48-47)

Andrei Arlvoski venceu Carlos Boi por decisão unânime (triplo 29-28)

Jim Miller venceu Erick Gonzalez por nocaute aos 14s do R2

Manon Fiorot venceu Mayra Sheetara por decisão unânime (30-26, 30-27 e 30-27)

Nate Landwehr venceu Ludovit Klein por finalização aos 2m22s do R3

CARD PRELIMNAR:

Bruno Blindado venceu Andrew Sanchez por nocaute aos 2m35s do R3

Danny Roberts venceu Ramazan Emeev por decisão dividida (29-28, 28-29 e 30-27)

Luana Dread venceu Lupina Godinez por decisão unânime (triplo 29-28)

Danaa Batgerel venceu Brandon Davis por nocaute técnico aos 2m01s do R1

Ariane Sorriso venceu Istela Nunes por finalização aos 2m57s do R3

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários