Segunda, 18 de Outubro de 2021
27°

Poucas nuvens

Cajazeiras - PB

Esportes ESPORTE

Botafogo-PB e Campinense têm reunião com autoridades para receber convidados em seus jogos

A ideia que será proposta pelas autoridades é que seja repetido o que foi visto nos amistosos da Seleção feminina contra a Argentina, na Paraíba.

23/09/2021 às 11h03
Por: Redação
Compartilhe:
Geraldo Medeiros, secretário de Saúde da Paraíba, confirmou que reunião acontecerá às 15h desta quinta-feira — Foto: Reprodução / TV Cabo Branco
Geraldo Medeiros, secretário de Saúde da Paraíba, confirmou que reunião acontecerá às 15h desta quinta-feira — Foto: Reprodução / TV Cabo Branco

Uma videoconferência entre as autoridades de Saúde da Paraíba e os dirigentes de Botafogo-PB e Campinense acontecerá na tarde desta quinta-feira, onde será avaliada a possibilidade da liberação de até 1.000 convidados nas próximas partidas dos clubes nas séries C e D, respectivamente, como mandantes. A informação foi confirmada pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Antônio Medeiros. Importante destacar que trata-se de convites, e não de venda de ingressos, algo que, de acordo com o Ministério Público da Paraíba, está terminantemente proibido neste momento.

A ideia que será proposta pelas autoridades é que seja repetido o que foi visto nos amistosos da Seleção feminina contra a Argentina, na Paraíba. No primeiro encontro entre as rivais, no Estádio Amigão, 400 convidados — da CBF e da FPF-PB e atletas — estiveram presentes nas arquibancadas. Nos mesmos moldes, na última segunda-feira, 700 convidados estiveram presentes no Almeidão, em João Pessoa. Naquela ocasião, todos os presentes precisaram apresentar exames de detecção da Covid-19 do tipo RT-PCR com resultado negativo, assim como foram obrigatórios o uso de máscaras, a aferição de temperatura e o distanciamento social de, no mínimo, 1,5m.

No caso do Campinense, caso essa liberação seja autorizada, os convidados já poderão se fazer presentes no Amigão na partida do próximo sábado, quando a Raposa encara, às 15h, o Guarany de Sobral, pela partida de ida das oitavas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. A competição, a propósito, recebeu autorização da CBF para receber público com venda de ingressos já a partir desta fase. No entanto, para a comercialização das entradas, seria necessária a autorização das autoridades locais, assim como o consenso dos dois times para receber público em ambas as partidas, levando em consideração o chamado equilíbrio técnico, não permitindo assim que apenas um dos clubes possa ter torcida no seu estádio nos confrontos de ida e volta. O Cacique do Vale, no entanto, enviou ofício à Federação Cearense de Futebol (FCF), abrindo mão desse benefício.

A situação do Botafogo-PB, por sua vez, é uma incógnita, uma vez que não há sequer partidas confirmadas do Belo na sequência da Série C. Para se beneficiar dessa eventual liberação para convidados, o Alvinegro pessoense precisa se classificar para a próxima fase da competição. A equipe de Gerson Gusmão encara o já rebaixado Santa Cruz neste sábado, às 17h, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, e depende apenas de uma vitória para seguir vivo na Série C. Em caso de empate ou derrota, a equipe passa a depender de uma combinação de resultados para ir à segunda fase do certame. Outra hipótese é na pré-Copa do Nordeste, quando o time entra na segunda fase eliminatória.

Pleito prestes a ser atendido

Botafogo-PB e Campinense já haviam solicitado junto à CBF a presença de torcedores em suas respectivas partidas do Campeonato Brasileiro; no entanto, esbarraram no mesmo entrave: a autorização através de decreto por parte do executivo estadual, que rege o Almeidão e o Amigão, principais praças esportivas de João Pessoa e Campina Grande e palco das partidas de Belo e Raposa.

Na quarta-feira, em visita do governador João Azevêdo (Cidadania) a Campina Grande, o presidente do Campinense, Phelipe Cordeiro, e o diretor-executivo do clube, Rômulo Farias, solicitaram, se não a autorização de público, a realização de um evento teste para até 1.000 convidados. A ideia recebeu sinal verde do chefe do executivo paraibano e, a depender do saldo da reunião de hoje, pode acontecer já na próxima partida. A expectativa dos clubes é que, com o sucesso dos testes, a autorização de uma porcentagem do público às praças esportivas paraibanas já esteja no próximo decreto, que deve ser divulgado na próxima semana e entrará em vigor no dia 1 de outubro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários