Sábado, 19 de Junho de 2021 03:25
(83) 9.8886-4599
Paraíba ENGANO

Família denuncia que paraibano teve documentos clonados e foi preso por engano por crime cometido na Bahia

Prisão aconteceu no dia 17 de maio. Delegado afirma que, comparando as fotos, visivelmente se trata de outra pessoa. Defesa aguarda Justiça da Bahia.

26/05/2021 16h48
Por: Redação Fonte: G1-PB
Foto: reprodução (Bom dia PB)
Foto: reprodução (Bom dia PB)

Daniel Medeiros da Silva, um contador que mora em Campina Grande, foi preso no dia 17 de maio, em João Pessoa, durante um passeio com a família. Havia um mandado de prisão contra ele por participação em um crime cometido em Vitória da Conquista, na Bahia. Contudo, segundo a família, os dados dele teriam sido usados indevidamente pelo homem que de fato é procurado. Daniel foi preso e, desde então, a defesa busca a revogação da prisão.

O contador passava férias com a esposa e os dois filhos em João Pessoa, quando foi parado por uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ao ter a documentação conferida, foi encontrado um mandado de prisão em aberto no nome dele.

Segundo o mandado, Daniel teria participado de um crime contra bancos e fugido de um presídio em Vitória da Conquista, na Bahia. Porém, ele nunca se envolveu em nenhuma atividade criminosa e nem sequer chegou a visitar qualquer cidade baiana, conforme garante a família. A defesa aguarda a Justiça da Bahia.

De acordo com o delegado da Polícia Civil Luiz Eduardo, logo que a prisão foi feita, ele conseguiu uma foto do foragido e percebeu que se tratavam de pessoas diferentes.

"No momento da prisão do Daniel, nós conseguimos fotografias do foragido da Bahia. Olhando essas fotografias, nós percebemos que visivelmente se trata de outra pessoa. Entramos em contato tanto com o Ministério Público do Estado da Bahia, bem como o delegado que fez a prisão na época".

O delegado acompanha o caso e orientou a defesa a solicitar uma comparação das impressões digitais.

"Tomamos as providências de orientar a defesa para que seja confrontada as digitais do Daniel que está preso na Paraíba, com as as digitais do Daniel que foram coletadas na época do crime no estado da Bahia".

A inspetora Keilla Mello, da Polícia Rodoviária Federal, informou que, durante uma blitz, foi encontrado um mandado de prisão no nome de Daniel Medeiros e, como procedimento padrão, após a conferência dos documentos, ele foi encaminhado à Polícia Judiciária.

"O cidadão informou à polícia que poderia estar sendo vítima de alguma fraude. Essa informação consta no boletim de ocorrência e fora repassada também ao delegado de Polícia Civil", explicou.

Família sente falta

A esposa de Daniel, Vanessa Melo, contou que ele está fazendo muita falta em casa, especialmente para os dois filhos pequenos do casal.

“As crianças já sentem muita falta do pai, já tiveram febre emocional. Estou tendo que administrar muita coisa, estar a frente conversar com o máximo de pessoas possíveis”, relatou.

Vanessa espera agilidade por parte da Justiça da Bahia, para que o marido volte para casa. “Tudo o que estava ao nosso alcance já foi feito”.

Aguardando habeas corpus ou revogação da prisão

O advogado Maklyste Oliveira viajou até a Bahia para apresentar documentos, fotos e outros registros que comprovam que Daniel Medeiros não é o foragido que a Justiça da Bahia procura. Um pedido de habeas corpus e revogação da prisão foi feito, mas ainda aguarda análise.

“Daniel foi transferido para o presídio Sílvio Porto, em João Pessoa. Quanto ao processo, ele se encontra concluso para a juíza da Comarca de Barra do Choça, na Bahia. Uma desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia solicitou informações à juíza para posteriormente conceder a liminar”, informou ele.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cajazeiras - PB
Atualizado às 03h06 - Fonte: Climatempo
21°
Poucas nuvens

Mín. 20° Máx. 32°

21° Sensação
15.4 km/h Vento
78.6% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (20/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 32°

Sol e Chuva
Segunda (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.