Sábado, 19 de Junho de 2021 02:38
(83) 9.8886-4599
Esportes FEAP

Dirigente lamenta corte na vaga dos saltos ornamentais e acha difícil uma reviravolta na Fina

A então classificação dos atletas aconteceu na Copa do Mundo de Tóquio, entre 1º e 5 de maio, em evento-teste para os Jogos, que garantiria, inicialmente, vagas a todos os semifinalistas das provas individuais de saltos ornamentais.

26/05/2021 09h12
Por: Redação Fonte: ge
Paraibana Luana Lira era uma das classificadas do Brasil no saltos ornamentais — Foto: Divulgação
Paraibana Luana Lira era uma das classificadas do Brasil no saltos ornamentais — Foto: Divulgação

Presidente da Federação de Esportes Aquáticos da Paraíba (Feap), Ricardo Barbosa, contou que entrou em contato com a CBDA, que planeja cartada final em busca de uma reviravolta

A mudança das regras da Federação Internacional de Desportes Aquáticos (Fina), que resultou na eliminação de Isaac Souza (plataforma de 10m) e Luana Lira (trampolim de 3m) das Olimpíadas de Tóquio, ainda é lamentada. A esperança de recorrer frente ao órgão máximo da modalidade, inclusive, vai perdendo força a menos de 60 dias para a competição.

A então classificação dos atletas aconteceu na Copa do Mundo de Tóquio, entre 1º e 5 de maio, em evento-teste para os Jogos, que garantiria, inicialmente, vagas a todos os semifinalistas das provas individuais de saltos ornamentais. Só que a execução do regulamento ganhou uma reviravolta, vetando a participação desses dois atletas.

Em entrevista à Rádio Tabajara, da Paraíba, Ricardo Barbosa, presidente da Federação de Esportes Aquáticos da Paraíba (Feap), lamentou a desclassificação da paraibana Luana Lira e afirmou que entrou em contato com Luiz Fernando Coelho, presidente da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) em busca de explicações sobre a tratativa dessa decisão inesperada.

— Depois de estarmos todos muito felizes com a sua classificação no pré-olímpico, no Japão, houve recentemente o anúncio do seu corte. Falei com o presidente da CBDA pedindo explicação e para também tomar conhecimento da confederação sobre esse corte inesperado de nossa brilhante atleta. Se fosse levar todos os atletas que conseguiram os índices, passaria dos 136 (classificados na modalidade). Então resolveram fixar em 136. Neste estabelecimento, a nossa Luana ficou fora — disse.

Essa sentença foi afirmada após o pré-olímpico, quando a Fina percebeu que o número de competidores havia ultrapassado a cota permitida de 136 classificados. Com isso, os critérios de classificação foram alterados e foi dada uma nova interpretação às regras, passando a garantir vagas tão somente para os 12 finalistas. Como Isaac e Luana não chegaram às finais em suas categorias, eles foram eliminados dos Jogos Olímpicos.

Ricardo Barbosa até chegou a dizer que a CBDA não recorreria mais, mas deixou um mínimo rastro de esperança, apesar de improvável, sobre uma última tentativa por parte da entidade nacional diretamente com a Fina, na próxima semana, nas eleições que vão ocorrer no Kwait.

— Ele (o presidente da CBDA) está tentando administrativamente. Agora, na semana que vem, ele vai estar no Kwait, onde vai ter a eleição da nova diretoria da Fina. Vai falar com o presidente da Fina, fazer um apelo. Quero aproveitar, com tristeza, para dizer que ele (o presidente) não vê grandes possibilidades, não. Foi pedido um levantamento de quantos países foram prejudicados para tentar uma ação conjunta — explicou.

Com isso, apenas Kawan Pereira e Ingrid Oliveira, que chegaram às decisões da plataforma de 10m, garantiram vagas nas OIimpíadas. Em 16º lugar na disputa preliminar do pré-olímpico — os 18 primeiros garantiriam a vaga —, Luana Lira iria para sua primeira disputa olímpica. Isaac, oitavo colocado em sua categoria, garantiria a vaga olímpica se tivesse repetido o desempenho na semifinal, que antes não era classificatória para os Jogos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cajazeiras - PB
Atualizado às 02h25 - Fonte: Climatempo
21°
Poucas nuvens

Mín. 20° Máx. 32°

21° Sensação
13.5 km/h Vento
77% Umidade do ar
90% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (20/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 32°

Sol e Chuva
Segunda (21/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 33°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.