Quarta, 14 de Abril de 2021 02:20
(83) 9.8886-4599
Política Pegando fogo

Vegonha nossa de cada dia; Mau exemplo; Promessas que não chegam em Cajazeiras: Confira o destaque da semana do Caldeirão Político

A terra de Padre Rolim, que “ensinou a Paraíba a ler”, aguarda com expectativa o início do projeto de prolongamento da Avenida João de Sousa Maciel e a instalação do restaurante popular, prometidos pelo governador João Azevêdo.

27/02/2021 07h52
Por: Redação de Plantão Fonte: Caldeirão Político

CAJAZEIRAS AGUARDA – A terra de Padre Rolim, que “ensinou a Paraíba a ler”, aguarda com expectativa o início do projeto de prolongamento da Avenida João de Sousa Maciel e a instalação do restaurante popular, prometidos pelo governador João Azevêdo.

VIROU GOZAÇÃO – Essa história de prefeitos e governadores decretarem lockdow de 22H às 5 da manhã virou gozação. “Minha esposa já havia decretado” é o que mais se vê nas redes sociais.

HUJB – Pra que não se perca mais tempo pois está claro que não se vai construir um HU como se queria em Cajazeiras, melhor é utilizar a verba de R$ 25 milhões que já está disponível, e ampliar e modernizar o Hospital Universitário Júlio Bandeira, que já funciona. E conseguir mais verbas todos os anos através de emendas parlamentares (federais e estaduais) e ir ampliando e melhorando cada vez mais o HUJB.

FAÇA O QUE DIGO, MAS… – O prefeito de Cabedelo, Vitor Hugo, que recomendou aos seus munícipes um jejum geral como forma de combater a Covid, parece disposto a seguir a máxima ” faça o que eu digo. Mas não faça o que eu faço.” Hoje, por exemplo, ele encheu o bucho em lautoso almoço ao lado do deputado Julian Lemos num dos restaurantes mais caros da orla. (tiaolucena)

MAU EXEMPLO – Esposa do deputado Daniel Silveira, aquele que está preso, recebeu auxílio emergencial de maneira irregular.

BOLSONARISTA – A enfermeira Priscila Veríssimo, de 35 anos, que se recusou a tomar a dose de Coronavac que tinha direito, morreu nesta quarta, após complicação da covid-19. Venceu a ignorância!

VERGONHA NOSSA DE CADA DIA – Saudades do tempo em que só sentia vergonha da maioria dos membros do Congresso Nacional. Remendando a Constituição e legislando em causa própria, como agora, a casa de representação do povo brasileiro, no Distrito Federal, perdeu a exclusividade de nossas vergonhas.

VERGONHA NOSSA DE CADA DIA – Nos tempos de agora, Palácio do Planalto, STF, Procuradoria Geral da República e STJ dividem nossa vergonha com o Congresso. Afinal, se este é o exemplo acabado e pronto do emporcalhamento da política, o Palácio do Planalto é o ambiente mais nefasto da república. Nele ‘habitam’ a um só tempo estupidez e ignorância.

VERGONHA NOSSA DE CADA DIA – STF, PGR e STJ, cada qual a seu estilo e com suas particularidades, contribuem para a zorra nacional em que transformaram a até bem pouco tempo 6ª. economia mundial. O STF chancelou o golpe de 2016 e assistiu incólume, pelo menos até agora, um julgamento de exceção a um ex-presidente da república; a PGR voltou a ser a engavetadora dos tempos de outrora e o STJ expede decisões de olho em vagas da Suprema Corte.

VERGONHA NOSSA DE CADA DIA – Mas tem mais: Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ), também causam-nos vergonha. E o fazem porque, a nosso sentir, só deliberam em causa própria, mais se assemelhando a sindicatos de procuradores, promotores, juízes, desembargadores e ministros.

VERGONHA NOSSA DE CADA DIA – Devo confessar que também sinto hoje vergonha das urnas. Sim das urnas onde escolhemos deputados, senadores, prefeitos, governadores e presidente. São esses e essas senhores e senhoras que nos representam e nos governam. E nos seus afazeres, cabe-lhes indicador muitos dos que compõem STF, PGR, STJ, Tribunais de Contas, e membros de CNMP, CNJ, e por aí vai.

VERGONHA NOSSA DE CADA DIA – Ou seja, temos vergonha deles, ressalvadas as exceções que felizmente existem, sem muitas vezes nos darmos conta da nossa vergonha própria pelos votos que exercemos e escolhas que fazemos.

REITOR DA UFCG – Sempre defendemos que devessem ser empossados como reitor das IFE`s os primeiros votados das listas tríplices. Continuamos nessa defesa e portanto lamentamos as nomeações recentes dos novos reitores da UFPB e UFCG, que ficaram em 3° lugar nessas listas. Isso nada tem a ver com a capacidade dos escolhidos. No caso da UFCG, temos informações que o professor Antônio Fernandes é altamente capaz. Tomara. Menos mal !

VOTO MANJADO – Todo mundo já sabe como será o voto do deputado federal Wilson Santiago (PTB) em matérias que dizem respeito à imunidade/impunidade parlamentar. No caso de Daniel Silveira, que está preso, ele votou pela soltura do colega, e no caso da PEC 3/2021, aquela que transforma imunidade em impunidade, o deputado de “Pés de Barro” votou numa votação nominal simbólica (https://www.camara.leg.br/presenca-comissoes/votacao-portal?reuniao=60446&ordenacao=UF) pela impunidade. Claro, ele necessita dela para sobreviver politicamente!

LOCKDOW JÁ – Capitais com lotação igual ou superior a 90% UTI SUS

Porto Velho (RO): lotação de 100%

Florianópolis (SC): lotação de 96,2%

Manaus (AM): lotação de 94,6%

Fortaleza (CE): lotação de 94,4%

Goiânia (GO): lotação de 94,4%

Teresina (PI): lotação de 93%

Curitiba (PR): lotação de 90,0%

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
CALDEIRÃO POLÍTICO
Sobre CALDEIRÃO POLÍTICO
Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais: Portal sertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br Email: [email protected]
Cajazeiras - PB
Atualizado às 02h04 - Fonte: Climatempo
22°
Muitas nuvens

Mín. 21° Máx. 35°

22° Sensação
10.1 km/h Vento
81.2% Umidade do ar
90% (20mm) Chance de chuva
Amanhã (15/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sexta (16/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.