Doria anuncia plano para criação de 2 milhões de empregos em até quatro anos

Doria anuncia plano para criação de 2 milhões de empregos em até quatro anos

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anuncia, na tarde desta sexta-feira, 16, o Programa Retomada 21/22, plano criado para atrair investimentos, gerar empregos e retomar a economia do estado nos dois próximos anos. Em coletiva no Palácio dos Bandeirantes, Doria afirmou que projeto visa atrair R$ 36 bilhões de reais em investimentos nacionais e multinacionais, e criar dois milhões de novos empregos em até quatro anos. O programa foi idealizado pelo secretário de Fazenda e Planejamento do estado, Henrique Meirelles, ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Central (BC). Segundo Meirelles, as diretrizes foram balizadas por dados do BC, que indicaram que o Produto Interno Bruto (PIB) de São Paulo cresceu 2,8% em 2019, mais do que o dobro do índice nacional, que foi de 1%.

O plano de retomada terá seis eixos: oportunidade de investimentos na infraestrutura do estado, alto potencial de retorno, incentivo à produção das empresas, desenvolvimento sustentável, redução da desigualdade social através da geração de emprego e internacionalização da economia. Mais de 80% dos investimentos estarão voltados para transporte, mobilidade e rodovias. Entre as oportunidades estão o "Trem intercidades", para ligar São Paulo a Campinas, com investimento prevista de 1,4 bilhões de dólares; a concessão das linhas 8 e 9 da CPTM (500 milhões de dólares); a concessão das rodovias do litoral de São Paulo (600 milhões de dólares); a concessão de 22 aeroportos regionais (80 milhões de dólares), do zoológico e do Jardim Botânico (70 milhões de dólares), e do complexo Ibirapuera (200 milhões de dólares).

Mais informações em instantes.