Quase 30 estabelecimentos são notificados ou autuados por irregularidades, na PB

Quase 30 estabelecimentos são notificados ou autuados por irregularidades, na PB
Autua√ß√Ķes e notifica√ß√Ķes aconteceram nos municípios de Araruna, Cai√ßara e Jo√£o Pessoa. Quase 30 estabelecimentos s√£o notificados ou autuados por irregularidades em municípios da PB

Procon PB/Divulgação

Pelo menos 107 estabelecimentos foram fiscalizados pelo Procon Estadual entre os dias 27 a 30 de julho, em três municípios da Paraíba. Quase 30 deles apresentaram alguma irregularidade.

Entre os problemas encontrados estão a suspeita de abuso de preços, comercialização de produtos vendidos, o não cumprimento de oferta, produtos danificados e o descumprimento ao decreto de flexibilização de bares e restaurantes em todo o estado.

Em Jo√£o Pessoa, um supermercado foi autuado pela comercializa√ß√£o de produtos fora do prazo de validade. Uma loja de doces foi autuada pela exigência de parcela mínima e nota fiscal sem o número de telefone e endere√ßo do Procon. J√° uma loja de departamento foi denunciada pelo n√£o cumprimento de oferta.

As notifica√ß√Ķes na capital ocorreram em um estabelecimento em que o consumidor reclamou sobre produtos danificados. Dois bares também foram notificados pelo descumprimento ao decreto de flexibiliza√ß√£o do Governo do Estado.

Já um restaurante e outro bar foram notificados por estarem funcionando sem as medidas de prevenção e controle da Covid-19 estabelecidas pelo decreto Municipal de João Pessoa.

Em Araruna, a fiscalização aconteceu no dia 28, quando 36 estabelecimentos e foram visitados e 10 foram notificados. Entre estão supermercados e farmácias por suspeita de abuso de preços, que devem apresentar notas fiscais dos produtos da cesta básica, álcool em gel e máscaras de proteção.

Em Caiçara, a vistoria aconteceu no dia 29, quando 21 estabelecimentos comerciais foram visitados e sete foram notificados por aumento injustificado de preço.