Mesmo fechada, Câmara de Cajazeiras gasta mais de R$ 42 mil com material, consultoria e serviços

Ao todo, a Casa de Otacílio Jurema desembolsou no mês de maio R$ 42.387,86.

Câmara de vereadores de Cajazeiras

Câmara de vereadores de Cajazeiras

O Tribunal de Contas do Estado (TCE), revelou altos custos com serviços pagos pela Câmara Municipal de Cajazeiras no mês de maio deste ano, quando a Casa Legislativa não realizou nenhuma sessão presencial devido a pandemia.

+SEM NENHUMA SESSÃO: TCE revela que Câmara de Cajazeiras mantém 10 assessores com gordos salários somente na Mesa Diretora

Segundo o Sagres do TCE, mesmo a Câmara realizando sessões apenas virtuais, gastou R$ 5.908,10 com material de consumo.

A Casa de Otacílio Jurema também gastou no mesmo mês, R$ 15 mil com serviços de consultoria, R$ 3.500 com serviços de terceiros (Pessoa Física), R$ 11.610,64 com serviços de terceiros (Pessoa Jurídica), R$ 6.125,62 Serviços de tecnologia da informação e comunicação e R$ 243,50 de contribuições.

Ao todo, a Casa de Otacílio Jurema desembolsou no mês de maio R$ 42.387,86.