Moradores responsabilizam a gestão municipal de Cachoeira dos Índios pelo fogo no Quati

Há mais de dois dias o fogo toma conta de um dos pontos turísticos da Cidade de Cachoeira dos Índios, o Serrote do Quati está em chama, causando uma destruição irreparável.

O fogo é tanto que muitos moradores já sentem o efeito em sua saúde, a fumaça em alguns pontos é insuportável, provocando problemas respiratórios e outras sequelas.

Segundo o morador, J.A.S, que pediu pra ser preservado, disse que o fogo começou em um lixo clandestino, onde a prefeitura municipal coloca resto de podas de arvores e outros produtos inflamáveis. "A Prefeitura é culpada, coloca lixo e não toma conta, fogo tem direto, só que esse foi demais e chegou até o serrote Quati, e agora, o que o Prefeito Allan vai dizer?". Perguntou o morador.


O pior é que esse Lixo Clandestino fica próximo da Cidade, quase dentro da rua, pois está localizado em frente à Caixa d"água da Cagepa, podendo ser visto por qualquer pessoa, um verdadeiro perigo.


O local é de fácil acesso, não tem nenhuma cerca, não tem guarda pra evitar que crianças ou animais entrem no local.

Por ser uma área de fácil acesso e de uso da Prefeitura Municipal, para colocar lixo de forma irregular, mostra a irresponsabilidade ambiental e o dano causado com o fogo, que se espalha por quilômetros, atingindo o Serrote Quati.

Dona Fátima disse que antes o lixo era colocado em outro local irregular, mas como houve denuncia, mudaram de local e continuaram na ilegalidade.


Proprietários de terras ali próximos, já vêem o grande prejuízo que estão tendo, a pastagem esta sendo queimada, gerando danos matérias a muita gente. Animais silvestres estão morrendo, arvores importantes queimadas, o que demonstra claramente o crime contra a fauna e a flora.

Cabe ao Ministério Publico apurar a responsabilidade do Gestor, já que usava o local como deposito de lixo de forma irregular, e os danos causados, bem como o renascimento aos que foram prejudicados.